Tags

,

Troféu Sergio Del Grande: uma competição de campeões e histórias de vida

Competição reuniu 800 paraatletas durante o feriado de Páscoa comprovou a força do paradesporto nacional, revelou grandes paraatletas, e deu mostras que o Brasil chegará forte nos Jogos Parapanamericanos e Paraolímpicos.

O feriadão de Páscoa foi um marco para o Paradesporto nacional, cerca de 800 paraatletas de diversos cantos do Brasil, entre iniciantes e nomes consagrados de 8 modalidades se reuniram no Centro Olímpico Ibirapuera  para as disputas do XII Troféu Sergio Del Grande e mostraram a força do Paradesporto Brasileiro para as competições internacionais.

Nomes consagrados como o atual campeão olímpico Dirceu José, Eliseu Soares medalha de Bronze em Pequim, e Adriano Andrade bronze nas duplas ao lado de Dirceu, competiram por seus clubes e encontraram adversários duros no caminho.

“É ótimo saber que a safra de atletas está cada vez melhor, toda vez que chegamos em competições nacionais encontramos atletas de alto nível, o Brasil é muito forte em todas as categoria da Bocha paraolímpica”. Avaliou o medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, Dirceu José.

No Vôlei Sentado todos os atletas, entre titulares e reservas que estiverem em Pequim representando a Seleção Brasileira que estiveram no XII Troféu Sergio Del Grande representando seus respectivos clubes. As diversas modalidades do atletismo e as provas de natação também contaram com atletas que estiveram em Pequim.

Outro atleta que se destacou foi Alexander Whitacker do Halterofilismo, 10 vezes campeão brasileiro como paraatleta e 1 vez campeão brasileiro na categoria tradicional, Alexander é o atleta que atualmente levanta mais peso no Brasil, entre atletas deficientes e tradicionais, porém não pode competir entre os atletas tradicionais.

“No halterofilismo não é utilizado as pernas, sim a força de tronco e braços e isso eu desenvolvo muito bem, então entre eu e os atletas tradicionais não existe nenhuma desvantagem, mas não posso competir contra eles e quando competi fui campeão” ressalta Alexander Whitacker.

O XII Troféu Sergio Del Grande foi realizado no Centro Olímpico entre os dias 20 e 24 de abril, e contou com 800 atletas de diversas partes do Brasil, e contou com apoio do Governo do Estado de São Paulo, da Prefeitura de São Paulo e do Instituto Aurélio Miguel.

Informações para a Imprensa:

1º Ponto Comunicação!

(11) 3589-6303/ (11) 6765-6728/ (11) 8151-6951

http://twitter.com/primeiroponto