Tags

, ,

Centro Olímpico é campeão da 3ª Copa Futebol Mulher

A equipe da capital fez 5×0 sobre as meninas de Cotia e garantiram o título em jogo que contou arbitragem FIFA de Rodrigo Bragheto e a presença do campeão olímpico Aurélio Miguel para entrega da premiação.

A Final da 3ª Copa Futebol Mulher, foi disputada no tradicional campo do Juventus da Mooca e marcou exatamente o que foi todo o campeonato, um jogo emocionante, com belas jogadas, ótimas jogadoras e muitos gols. A equipe do Centro Olímpico entrou em campo determinada e atropelou a ótima equipe de Cotia, que buscava o bicampeonato da competição.

Logo no primeiro tempo as meninas do Centro Olímpico marcaram três vezes e no segundo tempo, com outros dois gols, completaram a goleada. A artilheira da competição Glaucia Silva, do Centro Olímpico, marcou dois gols e se tornou artilheira isolada com 13 gols.

Para um jogo de alto nível a competição colocou um árbitro a altura, Rodrigo Bragheto, árbitro FIFA comandou a partida “É um prazer arbitrar uma partida como esta, afinal aqui está o futuro do futebol feminino, novos talentos vão sair daqui, o jogo é de alto nível e as meninas também reclama bastante” afirmou Rodrigo Bragheto.

Como prévia para a grande final, foi disputada a decisão do terceiro lugar. A equipe do Juventus enfrentou as meninas do Santo André/UNISANTANA e venceram por 4×2 com uma grande atuação da camisa 11, Pepe, eleita revelação do campeonato.

Na entrega da premiação a presença ilustre de um grande esportista, o atual vereador Aurélio Miguel. “É importante investir no esporte feminino, no Brasil só se investe em futebol masculino, é importante lembrarmos que o esporte forma cidadãos que aprendem dentro de um campo, quadra ou tatame o gosto da vitória, derrota, a importância da disciplina, etc…” avaliou Aurélio Miguel.

 A campanha do Centro Olímpico

 A Campanha do Centro Olímpico foi irrepreensível, em 9 jogos goram 8 vitórias, e apenas uma derrota. A equipe teve o melhor ataque da competição com 53 gols, média de 5,8 gols por jogo e a melhor defesa com apenas 5 gols sofridos.

Individualmente a equipe do Centro Olímpico também colecionou conquistas, lém do título e da artilheira da competição conquistado por Glaucia Silva, 13 gols, o troféu de goleira menos vazada ficou com Monique Alves, que sofreu apenas 5 gols em toda competição e de quebra defendeu um pênalti na grande final.

A Copa Futebol Mulher é uma realização da Liga Paulista de Futebol Feminino em parceria com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude em nome do Governo do Estado de São Paulo.

Informações para a imprensa:
1° Ponto Comunicação!
(11) 3589-6303 / (11) 8151-6951 / (11)6765-6728
 @primeiroponto